Paratleta cearense de Vôlei Sentado é convidada para um teste da seleção brasileira e poderá competir as paraolimpíadas de Tóquio 2020

Maria Luciana Lima dos Santos, 26 anos, treina atualmente no CFO, já era esportista antes do ocorrido que a deixou deficiente, mas isso não foi o bastante para ela desistir de fazer o que ama

A paratleta cearense treina no espaço do CFO três vezes por semana, e a partir do próximo dia 24 de janeiro, participa da primeira semana de treinamento da Seleção Feminina de Vôlei Sentado, valendo uma vaga para os jogos paralímpicos de Tóquio 2020. Os treinamentos acontecem em Aracaju/SE até o dia 30/01. A paixão de Luciana pelo esporte veio antes do acidente de moto que a deixou cadeirante. Ela afirma que sempre foi cobiçada pelos treinadores devido sua altura: 1,82 cm. Já com a deficiência, ela começou no basquete, mas, logo se apaixonou também pelo vôlei sentado.

Em conversa com a Equipe CFO, a paratleta disse estar animada para o início dessa nova etapa. “Vou focar bastante nos treinos para que logo possa ser convocada para participar as paraolimpíadas desse ano”. Os treinos de vôlei sentado no CFO acontecerão do dia 15 ao dia 22 de janeiro, com um total de sete atletas. A atividade está sendo realizada através da Associação D’eficiência Superando Limites (Adesul), nova parceira do Centro de Formação Olímpica. Estamos na torcida!

About the Author

By waniacaldas.cfo@gmail.com / Administrator, bbp_keymaster on jan 14, 2021

GIVE A REPLY