Os alunos matriculados nos cursos de Formação Esportiva Continuada e nas atividades de Saúde e Lazer voltam a ocupar os espaços de treinamento do Centro de Formação Olímpica a partir do dia 12 de julho. Seguindo o Protocolo Setorial 15, o atendimento acontecerá com a restrição de 30% da capacidade. 

Os alunos do projeto CFO nas Redes que praticam  as modalidades de vôlei de praia e tênis vão poder treinar pela primeira vez nos espaços físicos. Crianças e adolescentes da formação continuada vão retomar de forma gradual, e será uma turma por cada turno, primeiramente retornam os que praticam  badminton e basquete, em seguida as turmas de futsal, tênis de mesa, vôlei, vôlei de praia. 

Os jovens e adultos com mais de 20 anos que fazem aulas de alongamento e condicionamento físico, também vão se revezar em turnos nos espaços do CFO para que não haja aglomerações.

Desde março de 2021, o CFO estava realizando as atividades de forma remota  e realizou este ano, três editais, em que recebeu 1.337 inscrições, resultando num total de 622 aprovados, sendo 152 do Sport Works, 120 para o programa de Saúde e Lazer e 350 vagas preenchidas para iniciação esportiva.  Entre os benefícios dos contemplados  estão; uniforme, material esportivo, cestas básicas e álcool gel. 

Para garantir a segurança de alunos, pais, treinadores e colaboradores nesse contexto de pandemia, o Centro de Formação Olímpica está cumprindo todos os protocolos de segurança estabelecidos pelo decreto estadual e seguindo a cartilha de recomendações do Instituto Dragão do Mar. 

Segundo o gerente de esporte e lazer do CFO, João Neto, a retomada é um momento muito aguardado pelos nossos alunos. “É fundamental voltarmos a ocupar o CFO, as crianças, os adolescentes e os adultos estão precisando realizar essas atividades físicas presenciais para melhorarem o seu bem estar físico e mental, prejudicados pela pandemia”, afirma o gestor.

 

 

Sobre o CFO

O Centro de Formação Olímpica (CFO) é uma instituição da Secretaria do Esporte e Juventude do Governo do Ceará e, desde outubro de 2019, está sob gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM), organização social (privada, sem fins lucrativos), responsável por 12 instituições estaduais.

About the Author

By waniacaldas.cfo@gmail.com / Administrator, bbp_keymaster on jul 08, 2021

GIVE A REPLY